Tibiriçá – Aldeia do Cachimbo

Sou Tibiriçá da Aldeia do cachimbo, recebi este nome de Guerreiro do meu pai , nasci em Itambé BA e fui criado as margens do rio pardo, conhecia cada canto dele, sabia onde eram os pesqueiro é as qualidades de peixes que dava em cada localidade, era um rio de muitas belezas, com suas ingazeiras … Ler maisTibiriçá – Aldeia do Cachimbo

Gustavo Caboco Wapichana

Povo Wapichana – Roraima A minha trajetória e pesquisa de retorno à origem indígena guiam o processo de produção nas artes visuais. Cresci num ambiente urbano, em Curitiba-Paraná, com  as histórias da minha mãe: uma Wapichana, da terra indígena Canauanim, do município de Cantá – Boa Vista-Roraima. Lucilene saiu da aldeia aos 10 anos de … Ler maisGustavo Caboco Wapichana

Marleide Quixelô – Mãe Terra é plural: Ventre dos Povos Indígenas

Os mais de 305 povos indígenas brasileiros são povos milenares. Desde antes da chegados dos povos colonizadores à Abya Yala (Américas) a Mãe Terra é a terra dos muitos povos indígenas e aquilo que lhes é mais sagrado. Ela é tão sagrada que alguns povos a cultuam como Divindade. Dela retiram tudo de que precisam: … Ler maisMarleide Quixelô – Mãe Terra é plural: Ventre dos Povos Indígenas

Antonio Carlos Pankararu – São Francisco

Quantas vezes escrevemos e falamos esses nomes… Tantas vezes fizemos isso que nos esquecemos de ouvir a voz que nascem das aguas, como a voz de nossos ancestrais… Nós povos indigenas, declaramos que ouvimos a voz das águas, da terra, do céu, sol e do e vento uma voz agonizante, quase um lamento de socorro, … Ler maisAntonio Carlos Pankararu – São Francisco

Wayran Suria – Karapotó

O povo karapotó plaki-ô a mais de vinte quatro anos atrás, era um povo considerado extinto, dai partiu a iniciativa do cacique Juarez de Souza, que reuniu sua familia e demais descendentes indigenas karapotós, para lutar pelo reconhecimento do povo karapotó e pelo direito sobre a terra cituada no municipio de São Sebastião-AL, no entanto … Ler maisWayran Suria – Karapotó